Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2011

5 vegetais que as crianças gostam!

Boa tarde!
Seu filho não come os vegetais com facilidade? Que tal oferecer alguns com altas taxas de boa aceitação? Lembre-se de servir de uma maneira bem bonita e preparar com muito capricho, com temperos e ervas naturais, e comer em uma refeição junto com seus filhos: Tomate Sweet Grape Campeão das preferências, como o nome sugere, este tomate é levemente doce, agrada em cheio o paladar dos pequenos. Difícil uma criança que não se encanta. Cuidado apenas,  na hora de servir. Para evitar engasgos (seu formato favorece), sirva pela metade, conforme a foto, ou ensine seu filho a morder, olhar, e comer o restante (assim o tomate necessariamente é consumido primeiro uma metade, depois a outra, evitando acidentes).
Mini agrião Tem o sabor bem mais suave que o agrião de tamanho normal. O segredo aqui, para facilitar a aceitação, é mostrar o tamanho do normal, depois o mini e comentar com a criança que ele foi feito especialmente para crianças (uma fantasia sem brincadeiras mirabolantes ajuda na…

Receita - Nuggets de Peixe

Nuggets? Este poooooode!!!
Fiz em casa no último feriado. Uma receita que junta muito do que eu acho ideal: saudabilidade, facilidade, sem fazer muita sujeira, uma nova maneira de consumir um alimento que algumas crianças torcem o nariz: o peixe. Comprei este filé no mercado, que estava em promoção e inventei a receita com algumas idéias da minha sogra.

Nuggets de peixe
Ingredientes
- 3 filés de pescada do sul - 2 limões - tempero fresco a gosto (usei orégano e mix de pimenta. Tomilho fica uma delícia) - quanto baste de sal - 1 e 1/2 xícara de farofa pronta (escolha uma com pouco sódio e pouca gordura, olhar no rótulo) - Azeite extra-virgem para untar a forma
Corte os filés do tamanho do nugets que quiser, passe a mão neles para verificar qualquer espinha (nos meus não tinham) e reserve. Misture o limão com os temperos frescos. Passei cada file no limão, depois na farofa pronta, apertando os filézinhos para que a farofa fixe no filé. Disponha os filés em uma forma untada com o azeite. Eu uso um…

Alguns alimentos específicos e a alimentação do seu filho

Bom dia pessoal!
As indústrias alimentares geralmente recomendam uma faixa etária para começar a ofertar certos alimentos às crianças. Alimentos que geralmente já fazem parte da alimentação infantil desde bebezinhos. Conheçam alguns:

Farinha Láctea: a partir de 4 anos;

Ades: a partir de 3 anos;

Iogurtes Petit Suisse (Danoninho, Chambinho): a partir de 4 anos; Neston: a partir de 4 anos; Ninho Solei: a partir de4 anos; Actimel: a partir de 4 anos;  Activia: a partir de 4 anos. Lembrando que as faixas etárias recomendadas são informadas pela INDÚSTRIA, a parte do processo que, além de outras coisas, visa lucrar com estas vendas....se a própria indústria indica, mais a orientação do pediatra e principalmente a indicação da nutricionista, você se sente segura de ofertar estes alimentos pro seu bebê, ou seu pequenino de 2 anos? Às vezes o que eu ouço como justificativa: meu bebê come isso desde os 4 meses e é uma criança super saudável. O que eu digo é: as consequências, às vezes, não vem agora. E s…

Meu filho não come - parte 3 dica especial!

Olá pessoal!
Vira e mexe, escrevo algo da minha vida pessoal aqui no blog, pois, como sabem, além de nutricionista infantil, sou mãe. Isto significa que muitas das dicas que escrevo aqui acontecem in loco na minha casa. Hoje vou contar um episódio pessoal. Minha filha faz parte da série "filhos que não comem" - está entre aspas, pois quero dizer que ela não come muito, não que não come. Sempre foi assim, desde bebê. Bom, eu tenho uma facilidade em lidar com isso pois posso eu mesma, fazer avaliações que permitam verificar se ela está saudável. E ela sempre está, peso ideal pro tamanho, sem problemas nutricionais, comendo o que precisa para ter uma boa saúde. Mas quem tem um "filho que não come" sabe do que estou falando. Qualquer coisa acaba com o apetite da criançada, e as vezes a criança quer pular uma refeição, o que deixa qualquer mãe preocupada. Somada a idade da minha filha, pré-adolescente, em que a demanda nutricional volta a crescer e a teiomosia também, não …