Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2011

Alimentação complementar - afinal, como fazer uma papinha?

Olá queridos!


Hoje vamos falar sobre a primeira alimentação salgada do bebê, a papinha. Parece um assunto batido, afinal, todas temos alguma receita de papinha, ou mesmo o pediatra indica umas receitas, mas com dicas especiais podemos turbinar ao papinhas com todos os nutrientes essenciais e nutrirmos nossos bebês da melhor forma.
Separamos os ingredientes das papinhas. Toda papinha deve ter, no mínimo, 4 tipos de ingredientes, quando o bebê tem 6 meses, ou 5 ingredientes, quando o bebê já está acostumado, comendo bem o almoço e o jantar, com cerca de 7 meses. Aí vão os tipos de ingredientes: Carboidratos, ricos em amidos: são os alimentos que tem a maior densidade calórica e que dão energia para o bebê. Formam o Grupo 1: batata, batata doce, cará, inhame, quinua, aveia, mandioca, abóbora, mandioquinha, milho. Legumes e verduras, ricos em vitaminas e minerais e fibras, garantem a saúde do bebê, são divididos em dois grupos necessários Grupo 2: cenoura, beterraba, couve-flor, abobrinha, bróc…

Petiscando! Meu bebê comendo sozinho.

Boa tarde! Você gosta de petiscar? Separar alguns alimentos gostosinhos, e comendo um a um, acompanhado de uma bebidinha e de uma boa conversa? É ótimo não? Pois tenho aqui uma novidade! Seu bebê também gosta! E o melhor, auxilia no desenvolvimento dele! A partir dos 6 meses, quando o bebê está comendo sua papinha e está habituada a ela,  para auxiliar no desenvolvimento motor e aumentar o interesse nos diferentes sabores e texturas, podemos estimulá-los a comer sozinhos.
Se prepare, coloque um plástico sob o caldeirão (porque vai fazer uma sujeira danada) e podemos passar para duas estratégias: primeiro, coloque um pouco da papinha do bebê em um potinho separado, e, enquanto vai dando as colheradas na boca dele (de um prato que está com você), coloque o potinho no caldeirão, deixe-o colocar a mão na comida, sentir, colocar na boca, se familiarizar com a sensação. Este trabalho auxilia na aceitação da comida, pois o bebê vai se divertir.
Outra estratégia, e funciona melhor quando ele est…

Lanche nas férias!

Bom dia! As férias escolares começaram, e com elas, a preocupação do que fazer com o tempo livre das nossas crianças. Não precisamos mais nos preocupar com as lancheiras, mas o que nossos filhos irão comer durante o tempo livre? Geralmente, abre-se espaço para as guloseimas, principalmente nas férias de inverno, em que a vontade de ficar dentro de casa é maior. Eles irão se servir de lanches fáceis de pegar no armário assim que a fome ou o tédio baterem. Melhor nos planejarmos quanto a isso, não? Precisamos de lanches práticos e fáceis, mas também nutritivos e deliciosos, aproveitando que em casa, podemos servir alguns alimentos quentinhos, o que não acontece na lancheira!
Portanto, seguem sugestões de lanches da tarde para uma semana de aconchego e diversão! Os lanches são indicados para crianças com mais de 2 anos, mas podem ser adaptados para os menorzinhos também:
Segunda-feira:
Torrada integral feita em casa com cream chesse e geleia Leite com canela e mel O pão e o leite quente trazem …