Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2013

O parto e a nutrição

Bom dia pessoal!! O dia do nascimento, tão glorioso e inesquecível dia para muitas e muitos. Esperado, planejado... o que seria o ápice da gestação, às vezes é renegado a pouco tempo de estudo e/ou pesquisa. Afinal, a criança tem que sair de qualquer jeito, não? Não vou me ater a discussões sobre partos, apesar de ter já uma opinião fortíssima sobre isso (#nãoviolênciaobstétrica).Quero me ater ao que engloba meu escopo de trabalho como nutricionista. A nutrição, sobretudo da criança (que afinal, é de mega importância para todos, absolutamente todos os envolvidos nesse parto). Sabia que algumas coisas simples, muito simples, podem fazer uma diferença enorme nesse pequeno quesito? E que todas essas coisas simples, você pode sim, pedir para que sejam feitas no seu caso (independente se uma cesária for realmente necessária ou se acontecer um parto normal)? Vamos por partes: 1- Corte ou campleamento do cordão umbilical: O que é um minuto pra você? Pouco tempo, muito tempo? O que dá pra fazer em …

Aquela ideia bacana que faltava pra uma festa infantil saudável!

Olá pessoal!

Hoje vim trazer um detalhe especial de uma festa linda!
Coneço a Júlia desde antes de nascer. A mãe dela é um capricho na alimentação desde sempre. O resultado tá lá: a Júlia é uma criança super esperta, linda, mama no peito e come muito bem. De tudo, com textura, com pedaço, todas as frutas, adora um legume na mãozinha dela, uma fofa. Faz todos os exercícios com a comidinha que eu passo, tenho uma coleção de vídeos, uma graça!!

Chegou seu aniversário de um ano. Com decoração especial da Moranguinho, a mãe dela teve uma ideia incrível, aproveitando a época.. comprou arbustos de morangos para as crianças conhecerem e provarem na festa! Olha só que bacana!





   Essa experiência é bacana, chama a atenção das crianças e as faz conhecer da onde vem o morango! Além disso, o morango não é um alimento que geralmente apresentamos antes de um ano, por conta do excesso de agrotóxicos. Esses aqui eram livres de venenos, e é uma novidade. Nem preciso dizer que a Júlia amou!
E a brincadeir…

Lista de Bancos de leite que retiram doação !

Bom dia pessoal!


Alô alô quem amamenta e pensa em doar o seu precioso leite para auxiliar as outras crianças! Se você treinar tirar o leite para doar vai ser mole tirar o leite para o filha quando tiver que voltar a trabalhar! E para auxiliar quem quiser se propor a ajudar a salvar vidas com o precioso leite, segue aqui a lista de bancos de leite que retiram doações em São Paulo. Essa lista é de um folder que peguei lá no primeiro hospital da lista, do Leonor Mendes de Barros, que foi aonde comecei a carreira e aprendi muito sobre amamentação. Divulguem, divulguem, divulguem! Sua ação pode fazer a diferença na vida de uma mãe e uma criança. Beijos e ótima quarta-feira 

Desconfia de alergia ao leite de vaca?

Olá pessoal! Estou imersa em muitos trabalhos, muitos estudos, pouco tempo. Tudo pra entender um pouquinho mais desse mundo enorme, lindo e louco da alimentação infantil. Entre os últimos dias, participei de um Simpósio Internacional de Alergia Alimentar, muito bom, com muita palestra legal, com muita gente competente. No meio das palestras, uma determina situação foi se repetindo no discorrer dos palestrantes. Uma mesma situação que me doía ao ler. A demora do diagnóstico da alergia alimentar. A mãe e os familiares ficam 5 meses, 7 meses, 1 ano, 2 anos pra descobrir. Isso é desgastante, sofrido e até irritante pras mães. Quantas não vão e voltam de vários profissionais? Muitas! Várias vezes sem indicações ou respostas....

Pensando em tudo isso, resolvi, tentar organizar algumas coisas. Tentar colocar em uma linha o que devemos fazer para que vocês, pais empoderados, consigam ter um norte. Por que, vamos combinar... só vocês sabem o que se passa! Seu filho apresenta um desses sintomas, ou …

Amamentação e papinhas - a roda de conversa!

Olá pessoal!
Tive o enorme prazer de ser convidada pela Web Filhos e o Grupo Cocriação para falar sobre amamentação, papinhas e alimentação das crianças.
Aliás, o grupo CoCriação da Nádia Cozzi (autora do blog Alimento Puro e do blog Bio Culinária) e da Adriana Zamberlam está organizando sempre ótimas rodas de conversas. É só chegar, é gratuito,gostoso, as crianças são bem vindas...vejam as próximas no site da Web Filhos.

E aí, vamos me ouvir (e me ver?)? É só clicar no link!

https://www.youtube.com/watch?v=xzQwXZDdtSs

Beijos e ótima semana!

Sagu natural ou a doce pra criança com coleterol alto

Olá pessoal! Tudo bem por aí? Por aqui, sigo caminhando na luta diária para a melhora da alimentação das crianças, e procurando encontrar receitas de doces ou sobremesas sem adição de açúcar como aliadas nessa guerra! Assim, se nutre e também se come com prazer. Quando falo de receitas sem açúcar, também não quero receitas cheias de adoçantes artificiais! Quero priorizar o sabor doce dos alimentos naturais... uma fruta fresca, seca, até o mel...  E hoje, trouxe uma receitinha que pra mim, tem gosto de infância. Já tinha lido essa receita na internet, mas foi a primeira vez que eu fiz. Bom, primeira, logo em seguida, segunda ... Ela é fácil demais, não vai ao fogo, e só tem dois ingredientes. Pela natureza dos ingredientes, que podem ser chamados de "super nutrientes", é uma sobremesa ideal para garantir saudabilidade e proteger o coração. Sagu de chia Ingredientes (à gosto!) Chia  Suco de uva tinto integral Misturar os dois e deixar na geladeira, de um dia poro outro. A chia solta um…

E tá um frio aqui em São Paulo...

Eu amo frio! Adoro a sensação, me sinto melhor, adoro casacos, filme, casa, cobertor... Mas quem está aqui, na minha cidade, observa (ou sente) que estamos em uma fase crítica! Amiga do sul diz que o está congelando mais ou tanto quanto aqui. Criança sente, né? E fim de semana descobri uma forma ótima de aquecer a casa, principalmente se você, como eu, vive em apartamento. Não temos calefação aqui né? Pelo menos a maioria de nós. Vamos fabricar uma mini calefação com os nossos fogões! Receitas que passam horas no fogo baixinho aquecem a casa! Aproveitei o frio pra fazer caldo de legumes (base para risoto ou outros pratos). A receita original que comecei a usar é a do Panelinha, mas fui agregando. Caldo de legumes aqui em casa é sinal de aproveitamento de talos. Vou cozinhando, congelando os talos, e em dia de caldo, todos os talos vão pra panela. E a maioria dos caldos aqui, é a base só de vegetais. Também tem uma receita fresquíssima e saudável da querida Thais Ventura do Delícias do Dudu

Asma, eczema e alimentação?

A alimentação saudável é vista como uma proteção de diversas doenças, disso, todo mundo sabe. Mas, quando pensamos “em que” doenças, pensamos geralmente nas patologias ligadas à obesidade, como colesterol alterado, diabetes, pressão alta... e muitas vezes, quem não tem esses problemas em casa, se esquiva, pode acreditar que aquele esse assunto não lhe é tão pertinente, já que seu filho não problema com o peso ou doenças crônico transmissíveis.
Essas crianças, geralmente tem uma liberdade na hora de escolher o que quer comer, e pode ser que a educação nutricional não foi “prioridade” no crescimento dela. Às vezes comentam: tão magrinho! Pode comer “besteira”, não tem problema.
Comer besteira pode não ter problema. Mas quando essa exceção vira a regra, o malefício não é só ligado ao peso, ao colesterol, ao diabetes. A alimentação é um elemento tão profundo, que muitas vezes tem haver com outras doenças também, doenças que, de cara, a gente pensa que não tem relação com a comida que está n…

Após um ano de idade, amamentar? Sim! E o leite rico em DHA.

Depois do primeiro contato com a amamentação, do processo de dificuldade, do processo de descobrir o prazer, do processo de, muitas vezes, volta ao trabalho, a mãe encontrou a paz naquele momento tão especial de amamentar seu filho. Delícia! Mas a mãe não sabia o que viria lá na frente. O bebê fez um ano, e de repente, todo aquele leite maravilhoso que ela tinha, que ela ouviu falar, das orientações da OMS, virou... sabe se lá o quê?!? Por que, de repente e aos poucos, as críticas foram aumentando. "essa criança tá grande", "ainda tem leite?", "esse leite não serve mais pra nada"... Ou pior (e mais cruel, eu acredito), tudo o que estiver acontecendo de "ruim", a culpa é do (pobre) aleitamento materno. Mãe tá magra demais? Cabelo tá caindo? Criança não come comida? Criança com cárie? Tudo culpa do leite materno. Ninguém olha ou quer olhar os outros fatores, e colocam, facilmente, a culpa no leite materno, afinal "essa criança, tá grande", …

Food Revolution Day – Dicas para a prática

O Food Revolution Day (hoje, 17/05) é um dia de ação global para que as pessoas se posicionem em relação a uma alimentação saudável e suas habilidades essenciais de cozinha. O Food Revolution Day tem como objetivo aumentar a conscientização sobre a importância de uma boa alimentação e uma melhor educação alimentar para todos, concentrando-se em três ações simples: cozinhar, compartilhar, vivenciar. Participarei hoje, mais tarde de um evento. Temos eventos por todos os continentes!E o blog aqui também participa! Está tentado a experimentar uma vida mais saudável? Gostaria de compartilhar um momento especial em família, todos os dias? Quer manter uma cultura familiar viva, passando para os seus filhos? Vamos para a cozinha! Aqui umas dicas práticas de como iniciar essa proposta!
- Planejamento é essencial. Escolha uns minutos do seu dia, e junto com a família, tentem instituir um cardápio semanal ou quinzenal. Facilita muita coisa, não é necessário “pensar” no dia, é um norte para as comp…

Agradecimento - o post mais pessoal desse blog!

Data especial! Amanhã, como sabem, é o dia das mães. Além disso, meu querido blog faz 2 anos de vida, e o blog é um outro “filho”. Parabéns duplo para mim! É claro que a internet já está cheia de felicitações, carinho, amor, dedicado as mães. Mas vou tentar fazer diferente. Hoje, eu não vou parabenizar. Vou agradecer. Vamos à uma historinha: Quando eu era nova, sonhava com um monte de coisas. Eu queria viajar o mundo. Queria fazer intercâmbios. Queria até fazer parte dos médicos sem fronteiras (sério). Queria acolher, queria ajudar, queria tudo. Queria uma vida simples, tranquila. Não, não sei por que a maternidade ainda não passava pela minha cabeça. Casar, também não passava. Mas queria ser livre e ter gente junto ao mesmo tempo. Aí a vida vem com os seus planos. Engravidei de supetão, fui mãe de supetão, antes de saber quem eu era. Começou então uma jornada, uma jornada de auto-conhecimento. Vamos fazer um parênteses e parar de falar um pouco exclusivamente de mim. Vamos falar de nós, c…