Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2011

Fim de ano e reflexões - o que o mundo come

Olá pessoal! Dezembro é um mês cheio, onde geralmente fechamos ciclos de trabalhos, pensamos em compras de Natal, encontramos pessoas queridas e principalmente,  refletimos. Sobre o que realizamos, sobre o que queremos realizar. Sobre o que é importante, o que deixou de ser e o que começa a ser importante. E eu convido vocês, queridos leitores e companheiros virtuais deste ano, a fazer uma reflexão em relação ao que comemos, como comemos, onde comemos, e como levamos a comida para nosso porto seguro, nossa família. Tenho um livro em casa que gosto muito, acho muito interessante, seu nome é " Hungry Planet - What the word eats" de Peter Menzel e Faith D'Aluisio. O livro é uma obra fotográfica de diversas famílias do mundo mostrando o que elas consomem ao longo de uma semana. Lá também descreve alguma receita ou comida predileta, quanto é gasto com a comida por semana e quanto dinheiro é destinado a cada gênero alimentício. Os contrastes são, bem.... veja você mesmo!  
 …

5 vegetais que as crianças gostam!

Boa tarde!
Seu filho não come os vegetais com facilidade? Que tal oferecer alguns com altas taxas de boa aceitação? Lembre-se de servir de uma maneira bem bonita e preparar com muito capricho, com temperos e ervas naturais, e comer em uma refeição junto com seus filhos: Tomate Sweet Grape Campeão das preferências, como o nome sugere, este tomate é levemente doce, agrada em cheio o paladar dos pequenos. Difícil uma criança que não se encanta. Cuidado apenas,  na hora de servir. Para evitar engasgos (seu formato favorece), sirva pela metade, conforme a foto, ou ensine seu filho a morder, olhar, e comer o restante (assim o tomate necessariamente é consumido primeiro uma metade, depois a outra, evitando acidentes).
Mini agrião Tem o sabor bem mais suave que o agrião de tamanho normal. O segredo aqui, para facilitar a aceitação, é mostrar o tamanho do normal, depois o mini e comentar com a criança que ele foi feito especialmente para crianças (uma fantasia sem brincadeiras mirabolantes ajuda na…

Receita - Nuggets de Peixe

Nuggets? Este poooooode!!!
Fiz em casa no último feriado. Uma receita que junta muito do que eu acho ideal: saudabilidade, facilidade, sem fazer muita sujeira, uma nova maneira de consumir um alimento que algumas crianças torcem o nariz: o peixe. Comprei este filé no mercado, que estava em promoção e inventei a receita com algumas idéias da minha sogra.

Nuggets de peixe
Ingredientes
- 3 filés de pescada do sul - 2 limões - tempero fresco a gosto (usei orégano e mix de pimenta. Tomilho fica uma delícia) - quanto baste de sal - 1 e 1/2 xícara de farofa pronta (escolha uma com pouco sódio e pouca gordura, olhar no rótulo) - Azeite extra-virgem para untar a forma
Corte os filés do tamanho do nugets que quiser, passe a mão neles para verificar qualquer espinha (nos meus não tinham) e reserve. Misture o limão com os temperos frescos. Passei cada file no limão, depois na farofa pronta, apertando os filézinhos para que a farofa fixe no filé. Disponha os filés em uma forma untada com o azeite. Eu uso um…

Alguns alimentos específicos e a alimentação do seu filho

Bom dia pessoal!
As indústrias alimentares geralmente recomendam uma faixa etária para começar a ofertar certos alimentos às crianças. Alimentos que geralmente já fazem parte da alimentação infantil desde bebezinhos. Conheçam alguns:

Farinha Láctea: a partir de 4 anos;

Ades: a partir de 3 anos;

Iogurtes Petit Suisse (Danoninho, Chambinho): a partir de 4 anos; Neston: a partir de 4 anos; Ninho Solei: a partir de4 anos; Actimel: a partir de 4 anos;  Activia: a partir de 4 anos. Lembrando que as faixas etárias recomendadas são informadas pela INDÚSTRIA, a parte do processo que, além de outras coisas, visa lucrar com estas vendas....se a própria indústria indica, mais a orientação do pediatra e principalmente a indicação da nutricionista, você se sente segura de ofertar estes alimentos pro seu bebê, ou seu pequenino de 2 anos? Às vezes o que eu ouço como justificativa: meu bebê come isso desde os 4 meses e é uma criança super saudável. O que eu digo é: as consequências, às vezes, não vem agora. E s…

Meu filho não come - parte 3 dica especial!

Olá pessoal!
Vira e mexe, escrevo algo da minha vida pessoal aqui no blog, pois, como sabem, além de nutricionista infantil, sou mãe. Isto significa que muitas das dicas que escrevo aqui acontecem in loco na minha casa. Hoje vou contar um episódio pessoal. Minha filha faz parte da série "filhos que não comem" - está entre aspas, pois quero dizer que ela não come muito, não que não come. Sempre foi assim, desde bebê. Bom, eu tenho uma facilidade em lidar com isso pois posso eu mesma, fazer avaliações que permitam verificar se ela está saudável. E ela sempre está, peso ideal pro tamanho, sem problemas nutricionais, comendo o que precisa para ter uma boa saúde. Mas quem tem um "filho que não come" sabe do que estou falando. Qualquer coisa acaba com o apetite da criançada, e as vezes a criança quer pular uma refeição, o que deixa qualquer mãe preocupada. Somada a idade da minha filha, pré-adolescente, em que a demanda nutricional volta a crescer e a teiomosia também, não …

Transtorno Alimentar na infância

Olá pessoal!!!

Nesta sexta-feira que passou, dia 28 de outubro, a modelo Carolina Bittencourt liderou uma passeata contra a anorexia intitulada "Marcha das Famintas". Muito legal a iniciativa. No mesmo dia, ouvi pelo rádio sua entrevista na rádio Joven Pan, contando um pouco da sua motivação, citou estudos e falou sobre transtornos alimentares. Citou também uma das meninas internadas no HC com anorexia, com apenas 8 anos. Isso é muito, muito triste!
Transtornos alimentares são assuntos tristes, às vezes obscuros. A falta de informações podem piorar ou "deixar de previnir" alguns casos. Pensando nisso, convidei uma colega nutricionista para escrever um texto aqui pra gente! Fique à vontade Ana Carolina!!
Prevenção conjunta de obesidade e transtornos alimentares na infância e na adolescência: é possível? Nos dias de hoje, a obesidade tem ocupado lugar de destaque na mídia e na ciência. A questão é ainda mais preocupante quando se trata de crianças e adolescentes, por iss…

Mais um pouco sobre iogurte e também leite de vaca!

Olá Pessoal
Sobre o leite de vaca: a Sociedade Brasileira de Pediatria não indica o leite de vaca para menores de um ano. Eu assino embaixo. Nesta idade, caso não seja possível a amamentação, o ideal é uma fórmula infantil específica, indicada pela nutricionista ou pelo pediatra.
Mas o iogurte não é feito de leite de vaca? E iogurte pode? Vamos por partes. Uma das contra indicações do LV (leite de vaca) é porque suas proteínas com grandes moléculas pode promover microferimentos no intestino do seu bebê, promovendo microsangramentos e aí uma anemia (não, as mamães não conseguem perceber o sangramento!). Para atingir tal situação, o consumo estimado é de 500ml de leite. Um lactente facilmente chega a essa marca quando troca o aleitamento ou a fórmula infantil pela mamadeira de LV. Outra contra-indicação é por conta da quantidade de micronutrientes. O LV não contém quantidades de vitaminas C,D,E, Ferro,Zinco suficientes para suprir as necessidades do seu bebê. E também não tem ácidos graxos …

Especial dia das crianças! Brinquedos e comida!

Olá pessoal!
Já comprou o presente do seu filhinho? Continuando a falar sobre brinquedos que ajudam a comer melhor, ensinando e familiarizando a criança com a alimentação saudável, vou fazer a indicação de mais brinquedos que podemos presentear aquela criança querida, ou, para as nutricionistas e profissionais interessados adquirirem para seu espaço de educação nutricional! Os brinquedos não necessitam de pilhas, apenas de uma criança com imaginação e tem preços acessíveis, em comparação aos outros do mercado. Todos são em estilo crec crec (vem com uma espécie de velcro reforçado que gruda e desgruda mediante o "corte" da faquinha de brinquedo) e tem representações frutas e/ou vegetais.





E para comemorar o dia das crianças, tenho uma sugestão para vocês. Lembro-me bem, quando li uma matéria em uma revista qualquer. Era um pai que dizia que fez uma viagem para um resort que era referência na recreação para a criançada - ele tinha 2 filhos pequenos, trabalhava muito e estava afim …

Brinquedo para ajudar a comer melhor!

Bom dia pessoal!
Já ouviram falar do Instituto Alana? Lá eles tem um projeto que eu adoro e acredito muito, que é o Criança e Consumo, que trabalha para despertar a consciência crítica da população a respeito das práticas de consumo e serviços por crianças e adolescentes. Lá eles debatem e apontam os impactos negativos causados pela indústria do marketing direcionado à criança tais como o consumismo, a erotização precoce, a violência na juventude, o materialismo excessivo, entre outros e no meu caso, principalmente, a incidência da obesidade infantil. Vou escrever um pouco aqui sobre a obesidade infantil, que é o meu escopo e a minha especialidade em relação a este assunto. A criança, desde muito cedo, é bombardeada por inúmeros comerciais de TV que mostram ou ensinam o quanto aquele alimento (geralmente pobre nutricionalmente) é gostoso e vai deixar aquela criança feliz.
Ou você, mãe, nunca se deparou com um pedido de algum alimento só porque a TV comentou? E se um personagem que seu filh…

Iogurte na alimentação das crianças

Bom dia pessoal!
Vou seguir uma indicação de uma leitora querida, Alethéia, e escrever sobre iogurte na alimentação das nossas crianças.
Eu sou superfã deste alimento! Rico em Cálcio (sempre estimulo consumo de alimentos ricos  neste micronutriente pois nossa população está bem carente....), tem a lactose (açúcar do leite) fermentada e por isso é de fácil digestão, rico em probióticos, as tais bactérias benéficas que equilibram nossa flora intestinal, fortalece o sistema imunológico e facilita o trânsito intestinal, entre outros benefícios.  O iogurte pode ser incluido na alimentação do bebê após o início da alimentação complementar, isso é, com 6 a 7 meses aproximadamente. Com algumas ressalvas e detalhes.
Detalhe número 1: O iogurte para dar para o bebê, necessariamente tem que ser natural e sem açúcar. Os petit suisses vendidos no mercados contém corantes, aromatizantes e conservantes, substâncias estranhas ao nosso organismo (nós nutricionistas chamamos estas substâncias de xenobiótic…

O que tem para o jantar? E um pouco sobre Neofobia.

Olá queridos!!!
Hoje resolvi partilhar um pouco da minha vida pessoal! Vou dividir o jantar da minha família com vocês!!! Cheguei em casa após um dia atribulado, e precisava fazer o jantar para família. Tinha mais ou menos 30 a 40 minutos disponíveis. Olha o cardápio que resolvi fazer de última hora:
Filé de frango com requeijão Brócolis ao alho Arroz integral
Como fazer? Estou usando uma marca de arroz integral facílima de preparar, Camil. Coloquei 3 xícaras de chá de água pra ferver. Enquanto fervia, fui tomar uma rápida chuveirada. Saí do chuveiro, coloquei 1 xícara de arroz cru na água fervendo. Coloquei também um pouquinho de alho pré processado e um pouco de sal. Tampei a panela e abaixei o fogo.
Me troquei. Voltei a cozinha. Agora o truque do brócolis rápido e saboroso. Peguei um maço de brócolis ninja, cortei os floretes (não muito pequenos, para utilizar o máximo do caule), lavei e coloquei em um saco plástico culinário (um saco plástico comum). Reforço que coloquei-os molhados. Fech…

Homenagem as colegas nutricionistas!

Parabéns queridas(os)!
Beijos

Amamentação e diversão - por Maitena

Pessoal!

Olha que bacana um cartoon da Maitena, que achei na rede!

Uma graça né? Só uma ressalva: amamentação com pega correta não dói nem machuca! Eu GARANTO!!! Peça ajuda pra sua nutricionista, ela te ensina. Beijos e até mais

Livro que ajudam a comer melhor ll - uma ressalva!

Olá queridos!

Falamos sobre livros que auxiliam a comer melhor no http://nutricionistainfantil.blogspot.com/2011/08/livros-para-ajudar-comer-melhor.html, mas infelizmente, existem obras que vão para o "lado negro" da coisa. Uma colega nutricionista, Ana Carolina Pereira Costa, escreveu um post muito legal sobre o livro infantil "Maggie goes on a diet". Esse livro conta a história de uma garota insegura, com baixa auto-estima, que, ao fazer uma dieta, consegue mudar o peso e encontra a felicidade, deêm uma olhada nos detalhes no link http://ocorpoemeu.blogspot.com/2011/08/livro-maggie-goes-on-diet.html.
Muito legal seu trabalho Ana Carolina! Incentivar uma criança (de 4 a 8 anos, imagine!!!!!) a acreditar que só terá valor se seu peso estiver dentro dos padrões é um absurdo, deveria ser crime!
E tenho dito!
Beijos e até mais!

Livros para ajudar a comer melhor

Neste dia-a-dia corrido de todas as famílias, ensinar a comer direito é uma tarefa que as vezes, é deixada para depois. Precisamos de tempo, informação e ajuda para conseguir tal fato. Fui dar um passeio com a minha filha por uma livraria, e resolvi, junto com ela, verificar os livros para crianças. Me surpreendi! Hoje, existem livros de todos os tipos para ajudar as mães a lidar com alguns "problemas". Seu filho é adotado? Tem um livro infantil que fala sobre isso. Vai ganhar um irmãozinho ou perdeu um ente querido?´Mais um livro infantil para ajudar a explicar. Sexualidade, saudade, perda, relacionamento, sustentabilidade, existem todos os tipos de livros infantis que abordam todos esses assuntos. Portanto, a ajuda em relação a ensinar a comer melhor, pode vir também dos livros. Assim, ensinamos duas coisas de uma tacada só: o prazer da leitura e o prazer da boa alimentação. Vou dividir com vocês alguns livros que eu e a Bia gostamos:
Receitas de Princesa, Disney

Hoje existe um…

Volta às aulas - O que colocar na lancheira?

Bom dia pessoal!
Hoje é oficialmente o primeiro dia de aula do segundo semestre dos pequenos!
E no consultório, percebo muitas dúvidas em relação ao que colocar na lancheira dos filhotes. Por isso, hoje vou dar algumas sugestões para nortear os pais confusos com esta importante missão!

Primeiramente, dicas. Ouvi a pouco tempo a idéia de uma colega nutricionista, e adorei. Quando a criança é resistente, ou quer dar sua opinião em relação ao que quer levar, o que é muito pertinente, podemos fazer da seguinte forma: coloque diversos lanchinhos saudáveis - vamos dar sugestões de lanches saudáveis a seguir - em uma cesta, ou recipiente bonito. Todos os dias, ou todas as noites para o dia seguinte, peça ao seu filho para escolher o lanche da cesta. Você complementa com o que beber ou com outro alimento, se for adequado e voilà, a lancheira saudável foi montada!

Vamos as sugestões:
Podemos colocar - ou representar com um desenho, se for algo de guardar na geladeira - na cesta:
Frutas secas: damas…

Alimentação complementar - afinal, como fazer uma papinha?

Olá queridos!


Hoje vamos falar sobre a primeira alimentação salgada do bebê, a papinha. Parece um assunto batido, afinal, todas temos alguma receita de papinha, ou mesmo o pediatra indica umas receitas, mas com dicas especiais podemos turbinar ao papinhas com todos os nutrientes essenciais e nutrirmos nossos bebês da melhor forma.
Separamos os ingredientes das papinhas. Toda papinha deve ter, no mínimo, 4 tipos de ingredientes, quando o bebê tem 6 meses, ou 5 ingredientes, quando o bebê já está acostumado, comendo bem o almoço e o jantar, com cerca de 7 meses. Aí vão os tipos de ingredientes: Carboidratos, ricos em amidos: são os alimentos que tem a maior densidade calórica e que dão energia para o bebê. Formam o Grupo 1: batata, batata doce, cará, inhame, quinua, aveia, mandioca, abóbora, mandioquinha, milho. Legumes e verduras, ricos em vitaminas e minerais e fibras, garantem a saúde do bebê, são divididos em dois grupos necessários Grupo 2: cenoura, beterraba, couve-flor, abobrinha, bróc…