Pular para o conteúdo principal

Lanche nas férias!

Bom dia!
As férias escolares começaram, e com elas, a preocupação do que fazer com o tempo livre das nossas crianças. Não precisamos mais nos preocupar com as lancheiras, mas o que nossos filhos irão comer durante o tempo livre?
Geralmente, abre-se espaço para as guloseimas, principalmente nas férias de inverno, em que a vontade de ficar dentro de casa é maior. Eles irão se servir de lanches fáceis de pegar no armário assim que a fome ou o tédio baterem. Melhor nos planejarmos quanto a isso, não?
Precisamos de lanches práticos e fáceis, mas também nutritivos e deliciosos, aproveitando que em casa, podemos servir alguns alimentos quentinhos, o que não acontece na lancheira!

 
Portanto, seguem sugestões de lanches da tarde para uma semana de aconchego e diversão! Os lanches são indicados para crianças com mais de 2 anos, mas podem ser adaptados para os menorzinhos também:

Segunda-feira:

  • Torrada integral feita em casa com cream chesse e geleia
  • Leite com canela e mel
O pão e o leite quente trazem conforto e a combinação inusitada de salgado e doce no recheio da torrada irá animar seu pequeno!

Terça-feira:

  • Vitamina de frutas
  • Biscoito de aveia
Prático e delicioso, faça a vitamina com a fruta favorita da criança

Quarta-feira


  • Sanduíche natural
  • Suco de frutas
Este sanduíche pode ser montado com a ajuda do seu pimpolho. Deixe disponíveis saladas picadinhas (alface americana, cenoura e beterraba ralada, tomate em cubinhos e o que mais sua imaginação mandar), queijos ou patês. Ele vai adorar comer o que ajudou a preparar.

Quinta-feira

  • Pipoca
  • Suco de uva integral
 Não, você não leu errado, é pipoca mesmo. Pipoca é um alimento rico em carboidratos, que garante  energia e é rico em fibras, que garante a saciedade entre outros benefícios. Mas tem que ser pipoca de panela, pois você controla o óleo ou a manteiga que irá colocar. E também, controla a quantidade.

Sexta-feira

  • Salada de frutas com iogurte e granola
 Também sugiro deixar a criança ajudar a montar este lanche tão saudável quanto delicioso.

Sábado

  • Pão de queijo ou esfiha assada
  • Iogurte
Vai sair com a criança para passear? Na hora do lanche, opte por um salgado assado. Não esqueça da bebida rica em Cálcio.

Domingo


  • Torta de liquidificador com recheio de frango e vegetais
  • Suco de frutas.

Aproveitando o tempinho a mais que temos no domingo, deixo aqui uma receitinha que faz um sucesso danado aqui em casa. Você pode variar o recheio, mas não esqueça dos vegetais:


Torta saudável de frango e legumes (ou outro recheio)

Ingredientes:
3 unidades de ovos caipiras
1/2 copo de óleo de  ou azeite
1 copo de leite
1 copo de farinha de trigo
1 copo de farinha de aveia
1 colher (sopa) de fermento químico em pó
quanto baste de sal

Recheio
1 tomate sem semente picado
1 abobrinha picada
1 cenoura ralada.
patê de frango

Modo de preparar
Bata no liquidificador os ovos com o leite, a farinha de trigo e o fermento. Despeje a massa em um refratário untado e polvilhado. Espalhe os ingredientes do recheio sobre a torta e a leve ao forno médio preaquecido por 40 minutos.


*Patê de frango
  • 400gr de peito de frango sem osso
  • 1 col. de sopa de azeite para refogar
  • Extrato de tomate ou tomate pelado ou molho de tomate feito em casa.
Cozinhe o peito de frango na panela de pressão, até que ele esteja desfiando facilmente, e o desfie. Refogue com os temperos escolhidos (cebola, alho, salsa), adicione o molho de tomate. Desligue o fogo e adicione o requeijão.
 
Você costuma se preocupar com os lanches do seu filho e tem mais opções? Mande pra gente!
Beijos e até mais!

Comentários

  1. Oláa.. muuuito legal as dicas de lanches para as crianças. E mais nesse tempo de férias junto com inverno elas com certeza atacam as guloseimas sem dó nem piedade ehehehe

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Bom dia!
    Minha mãe amou as dicas de lanches, pois minha irmã de 5 anos, só come coisas mais naturais, devido a um problema de intestino, e intolerância a alguns alimentos industrializados.
    Vamos colocar as dicas em prática, principalmente essa torta maravilhosa.
    Obg e bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá Rafaela!
    É verdade, temos que controlar, senão elas atacam mesmo!
    Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  4. Olá Raíssa!
    Que bom que gostaram!
    Não esqueça de dar bastante água pra sua irmãzinha, no inverno esquecemos de tomar, e a água fará bem ao intestino dela!
    Se eu puder ajudar com alguma coisa, é só escrever!
    Beijos e obrigada!

    ResponderExcluir
  5. Ótimas dicas.
    Beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. amei o seu blog. tenho uma florzinha de 3 anos que come super bem e eu adoro fazer novidades prá ela. tô indo agora mesmo fazer a receita do macarrão parafuso!!! bjus Estef.

    ResponderExcluir
  7. Oi Karine, vc fala da Torrada integral feita em casa, onde pego receita? Obrigada! Bjos

    ResponderExcluir
  8. Adorei as dicas! São úteis principalmente quando estamos sem criatividade.
    E acho que as crianças só atacam o que tiver em casa, por isso que eu nem compro.

    Obrigada e até mais!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente! A nutri adora conversar!

Pots mais lidos

Iogurte na alimentação das crianças

Bom dia pessoal!
Vou seguir uma indicação de uma leitora querida, Alethéia, e escrever sobre iogurte na alimentação das nossas crianças.
Eu sou superfã deste alimento! Rico em Cálcio (sempre estimulo consumo de alimentos ricos  neste micronutriente pois nossa população está bem carente....), tem a lactose (açúcar do leite) fermentada e por isso é de fácil digestão, rico em probióticos, as tais bactérias benéficas que equilibram nossa flora intestinal, fortalece o sistema imunológico e facilita o trânsito intestinal, entre outros benefícios.  O iogurte pode ser incluido na alimentação do bebê após o início da alimentação complementar, isso é, com 6 a 7 meses aproximadamente. Com algumas ressalvas e detalhes.
Detalhe número 1: O iogurte para dar para o bebê, necessariamente tem que ser natural e sem açúcar. Os petit suisses vendidos no mercados contém corantes, aromatizantes e conservantes, substâncias estranhas ao nosso organismo (nós nutricionistas chamamos estas substâncias de xenobiótic…

Sem açúcar, com afeto ou porque não dar açúcar ao bebê!

Sempre me perguntam, por quê não dar açúcar ao bebê? Ou então: posso dar açúcar orgânico, mascavo, produto adoçante?


O seguinte: a resposta inicial, todo mundo já sabe. Açúcar branco é caloria vazia, logo, não faz bem pra ninguém, dieteticamente falando. Essa caloria vazia pode ser traduzida em excesso de peso lá na frente - uma das doenças de mais difícil tratamento: a obesidade.
Mas tem um motivo mais profundo aí. Que eu vou explicar agora.
A necessidade de comer açúcar (alimentos doces) é do adulto. O bebê está provando tudo. Ele não sabe, por exemplo, que o suco de maracujá tem que ser adoçado. Sério. Ele vai aprender o que você mostrar a ele. Ele não sabe que a banana pode ficar melhor com açúcar. Ou não. A necessidade é nossa, não do bebê.
Só que, por natureza, o bebê já vem gostando de doce de fábrica. Ofereça açúcar, iogurte adoçado, chocolate, pirulito e geralmente você verá um bebê que vai comer e se lambuzar. A lactose do leite materno é levemente adocicada.
Por isso, não é um dos…

Alimentação para maiores de 1 ano!

Eba! Chegou o tão esperado aniversário de 1 ano do bebê. Depois da correria da festa, voltamos ao dia-a-dia do bebê. Com uma nova dúvida. E a alimentação? Aí, passamos no pediatra, e ele indica: agora mãe, ele deve comer a alimentação família. A mãe comemora (ou não). Não precisa mais fazer papinhas... Aí eu entro: alimentação da família? Tenho medo dessa frase... prefiro dizer que agora a família vai comer a alimentação do bebê com a textura adaptada! Sabe porquê? Como é a alimentação dos adultos em casa? Você, mãe zelosa, vinha fazendo a alimentação perfeitinha, com todos os grupos alimentares e tal...como passou do primeiro ano, só arroz, feijão e carne é suficiente? Calma! Nada contra o arroz e o feijão, pelo contrário. Dupla fantástica, garante um prato quase completo. Lembra desse post? Quase completo por que o legume e/ou a verdurinha precisa acompanhar o prato. Como faziam na época da papinha. Portanto, a alimentação continuará com todos os grupos alimentares... fonte de carboidra…