Pular para o conteúdo principal

Mesa de guloseimas saudáveis - Para festa de aniversário!

Olá pessoal!

Há algum tempo, tive o prazer de atender no consultório uma super nutri gravidinha (nutri também vai na nutricionista viu? Quando as áreas são diferentes...). O Rapha já morava na barriga dela, cresceu e cresce feliz e saudável. 
E chegou o aniversário de um ano dele! Ela fez uma coisa tão bacana, que pedi para ela gentilmente dividir a ideia comigo e com vocês. A palavra está com você, Bárbara!

Olá queridas mamães!!!

Quando comecei a pensar no aniversário de um ano do meu pequeno Raphael eu não conseguia imaginar a festa sem "comidinhas “ que ele pudesse comer.

De cara descartei a ideia do Buffet infantil por não poder escolher o cardápio, comecei a pesquisar e lugar nenhum eu poderia escolher a não ser que eu fizesse em algum salão e eu mesma fizesse toda a comida... complicado, primeiro porque eu trabalho e não teria tanto tempo disponível assim, segundo porque salão nenhum cabia o extenso número de convidados do príncipe... (Raphael passou 9 dias nas UTI quando nasceu e muita gente querida rezou muito por ele e não podiam ficar de fora da grande comemoração).

Foi quando achei um buffet que me permitiu fazer uma “Mesa de Guloseimas Saudáveis”, e a procura por um serviço que fizesse isso começou.. mas não encontrei, pensei em pedir para várias pessoas, mas ai veio a questão da confiança, se não havia um serviço especializado para me atender ou eu fazia ou não teria coragem de servir ao Rapha (sim sou um pouco neurótica com higienização de frutas principalmente, na verdade de tudo que for servido cru), então a solução foi colocar a mão na massa.

Primeira parte decidida, vou fazer!!!

Ai veio a segunda... mas o que fazer? Pensei primeiro no que ele gosta de comer... depois pedi sugestões as mães dos grupos do face e a Karine.

Cardápio então decidido, de cara pedi a ajuda da minha mãe, da querida amiga e babá do Rapha e da minha sogra, quando vi que eu tinha inventado mais do que eu ia dar conta sozinha pedi socorro pra minha irmã e cunhada. Sem elas não teria conseguido realizar a então sonhada “Mesa de Guloseimas Saudáveis”. Aproveitar a oportunidade para agradecê-las.

A festa era na hora do almoço então preparei todas os alimentos no dia anterior a noite, pra ficar bem fresquinho.

Vamos ao cardápio: Gelatina de açúcar orgânico de morango e abacaxi  (que o Raphael adora), doce de abóbora natural, cupcake de bolo de cenoura, biscoito integral com a carinha do tema da festa (Mickey), 



biscoito de polvilho (este eu comprei pronto), saladinha caprese, melancia em forma de sorvetinho (Top 5 das frutas preferidas do Rapha), mixirica bem descascadinha (Rapha tb adora), uva vermelha sem semente na casquinha de sorvete, espetinho de frutas (para decidir as frutas e a ordem que deveria colocar para não desmontar nem amolecer contei com a ajuda da minha amiga chef de cozinha Renata), wrap de queijo com alface, milho cozido e suco natural feito na hora de laranja lima e melancia.


Na verdade fiz também palitinhos de cenoura e pepino que seriam servidos com creme azedo e bisnaguinhas que teriam a opção de requeijão para o recheio, porem não couberam na mesa.

Como toda mãe além de escolher por dar opções saudáveis aos meus convidados, em especial as crianças e ao meu Raphael, eu também queria tudo bonito, então pensei nos alimentos que tivessem as cores do tema que era do Mickey então vermelho, amarelo e preto foram espalhados na personalização das embalagens e nas cores dos alimentos, topper de Mickey para os cupcakes e colherzinhas personalizadas também compuseram a mesa.


Modéstia a parte ficou perfeita a mesa!!! Saudável e linda!!!

Contrariando a expectativa daqueles com quem eu comentei que faria, fez muito sucesso e não sobrou quase nadinha... e o sucesso foi com adultos e crianças.

Fiz questão, e deixei já porções separadas, que servissem os itens da mesa saudável no pic nic das crianças, e a maioria delas começaram a comer pelas frutas, muitas nem comeram as frituras oferecidas pelo buffet (infelizmente eles não toparam servir só o que eu queria.. mas já achei um grande avanço me permitirem realizar e oferecer no pic nic)

Um diferencial foi avisar os convidados que a mesa não tinha hora para ser “aberta” como a de guloseimas tradicional, e que ao longo da festa ela estava lá a espera deles.

Deu super certo e já tem mamães interessadas...  agora com experiência da primeira será mais fácil, pensando seriamente em mudar o ramo da profissão de nutricionista clinica que trabalha com doenças para trabalhar com prevenção, afinal alimentação saudável desde a infância é a solução!!!

Comentários

  1. Boa tarde karine ssou nutricionista mais atuo com clinica tenho um bebe de 8 meses nao aceita muito as preparacoes salgadas mais frutas come todasss...Queria ver sua opiniao sobre o mucilom farinha lactea e recomendado para essa idadee?
    obrigadaa

    ResponderExcluir
  2. Olá!! Adorei e só reafirmou a festinha da minha filha no próximo sábado... salada de frutas, sanduichinho de beterraba com frango, creme de frango, pão de queijo caseiro assadinho na hora, suco de frutas do pé e não da caixinha, rsrs e vou correr atrás de outras ideias da sua matéria. Parabéns!!

    ResponderExcluir
  3. Adorei, quero fazer a hora do lanchinho assim bem saudável, espero não encontrar problemas com o buffet!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente! A nutri adora conversar!

Pots mais lidos

Iogurte na alimentação das crianças

Bom dia pessoal!
Vou seguir uma indicação de uma leitora querida, Alethéia, e escrever sobre iogurte na alimentação das nossas crianças.
Eu sou superfã deste alimento! Rico em Cálcio (sempre estimulo consumo de alimentos ricos  neste micronutriente pois nossa população está bem carente....), tem a lactose (açúcar do leite) fermentada e por isso é de fácil digestão, rico em probióticos, as tais bactérias benéficas que equilibram nossa flora intestinal, fortalece o sistema imunológico e facilita o trânsito intestinal, entre outros benefícios.  O iogurte pode ser incluido na alimentação do bebê após o início da alimentação complementar, isso é, com 6 a 7 meses aproximadamente. Com algumas ressalvas e detalhes.
Detalhe número 1: O iogurte para dar para o bebê, necessariamente tem que ser natural e sem açúcar. Os petit suisses vendidos no mercados contém corantes, aromatizantes e conservantes, substâncias estranhas ao nosso organismo (nós nutricionistas chamamos estas substâncias de xenobiótic…

Alimentação para maiores de 1 ano!

Eba! Chegou o tão esperado aniversário de 1 ano do bebê. Depois da correria da festa, voltamos ao dia-a-dia do bebê. Com uma nova dúvida. E a alimentação? Aí, passamos no pediatra, e ele indica: agora mãe, ele deve comer a alimentação família. A mãe comemora (ou não). Não precisa mais fazer papinhas... Aí eu entro: alimentação da família? Tenho medo dessa frase... prefiro dizer que agora a família vai comer a alimentação do bebê com a textura adaptada! Sabe porquê? Como é a alimentação dos adultos em casa? Você, mãe zelosa, vinha fazendo a alimentação perfeitinha, com todos os grupos alimentares e tal...como passou do primeiro ano, só arroz, feijão e carne é suficiente? Calma! Nada contra o arroz e o feijão, pelo contrário. Dupla fantástica, garante um prato quase completo. Lembra desse post? Quase completo por que o legume e/ou a verdurinha precisa acompanhar o prato. Como faziam na época da papinha. Portanto, a alimentação continuará com todos os grupos alimentares... fonte de carboidra…

Intolerância a lactose em bebês? Provavelmente não!

Com certeza você já leu na web a palavra lactose. Dieta sem lactose. Iogurte sem lactose. Mas o que é lactose? Seria bom tirar das crianças também?
Lactose é um dos carboidratos do leite. A grosso modo, um açúcar presente em leites. 
Leite materno, por exemplo, tem muita, muita lactose.
Nosso corpo, para digerir esse açúcar, usa enzimas que estão presentes no nosso organismo. Essas enzimas moram nas vilosidades intestinais. Vou mostrar:



Quando um bebê está tranquilo, vivendo a vida bebelística, a lactose é uma benção pra ele. É sim. Lactose, quando é “quebrada” pela enzima, vira galactose e ajuda constituição de galactopeptídeos integrantes do sistema nervoso central. Ela também ajuda a acumular água livre para reserva de termo-regulação, através da sudorese. Já viu como bebês suam?
A lactose também está associada à acidez das fezes e à formação da microbiota intestinal específica (predominância de lactobacillo e bifidobacteria, probióticos, o must da saúde atualmente), o que pode ser imp…