Pular para o conteúdo principal

Lanche da escola de hoje! Especial foto 1

           Esse aqui faz um sucesso danado com os amigos da Bia! Por isso mando uma boa porção desses grissinis com gergelim, para que todos possam consumir. Esse não tem aditivos químicos, mas dá pra fazer grissinis em casa tambem! Para acompanhar, um potinho de creme de ricota no ex vidrinho de geléia, que quebra o galho nesses momentos. Com uma água de coco, lanche completinho.

Tá servido?

Comentários

  1. gentee e como faz esses grissinis????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses grisinis foram comprados - com o cuidado da análise do rótulo nutricional, verificando nos ingredientes que não há nenhum aditivo químico nele. Mas tem uma receita bem bacana aqui: http://panelinha.ig.com.br/site_novo/receita/receita.php?id=1063 eu trocaria a erva-doce por gergelim!

      Excluir
  2. Ola,
    Adorei a ideia, antes eu nao gostava desses palitinhos, achava que parecia comida de passarinho haha mas com o tempo comecei a pegar gosto! E sem falar que a ricota deve dar um sabor todo especial! Tens a receita dos grissinis? Tks!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, segue no link:http://panelinha.ig.com.br/site_novo/receita/receita.php?id=1063
      Bejos!

      Excluir
    2. Oi Karine! Será que essa receita é ideal para crianças diabéticas? Ou é melhor adaptá-la com algum outro ingrediente?

      Excluir
    3. Escolha ingredientes integrais para crianças diabéticas, e coloque a receita na contagem de carboidratos do dia!
      Abraços e boa sorte!

      Excluir
  3. eu mesma adooorooo!!!
    =)

    laura tbm, com um ano e meio, come um monte!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Oi Karine, adorei esse post tambem.
    O que vai no creme de ricota?

    Beijos e obrigada

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Dá pra fazer creme de ricota com a ricota, um pouco de gordua (azeite por exemplo,ou maionese) e temperos que quiser (dá pa fazer com cebola, cheiro verde, manjericão, alho...). Fica sempre muito bom!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Karine
    esse creme de ricota voce bate no mixe ou liquidificador, ou voce faz na panela?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bato no mini processador. No liquidificador também dá certo!
      Beijos

      Excluir

Postar um comentário

Comente! A nutri adora conversar!

Pots mais lidos

Iogurte na alimentação das crianças

Bom dia pessoal!
Vou seguir uma indicação de uma leitora querida, Alethéia, e escrever sobre iogurte na alimentação das nossas crianças.
Eu sou superfã deste alimento! Rico em Cálcio (sempre estimulo consumo de alimentos ricos  neste micronutriente pois nossa população está bem carente....), tem a lactose (açúcar do leite) fermentada e por isso é de fácil digestão, rico em probióticos, as tais bactérias benéficas que equilibram nossa flora intestinal, fortalece o sistema imunológico e facilita o trânsito intestinal, entre outros benefícios.  O iogurte pode ser incluido na alimentação do bebê após o início da alimentação complementar, isso é, com 6 a 7 meses aproximadamente. Com algumas ressalvas e detalhes.
Detalhe número 1: O iogurte para dar para o bebê, necessariamente tem que ser natural e sem açúcar. Os petit suisses vendidos no mercados contém corantes, aromatizantes e conservantes, substâncias estranhas ao nosso organismo (nós nutricionistas chamamos estas substâncias de xenobiótic…

Sem açúcar, com afeto ou porque não dar açúcar ao bebê!

Sempre me perguntam, por quê não dar açúcar ao bebê? Ou então: posso dar açúcar orgânico, mascavo, produto adoçante?


O seguinte: a resposta inicial, todo mundo já sabe. Açúcar branco é caloria vazia, logo, não faz bem pra ninguém, dieteticamente falando. Essa caloria vazia pode ser traduzida em excesso de peso lá na frente - uma das doenças de mais difícil tratamento: a obesidade.
Mas tem um motivo mais profundo aí. Que eu vou explicar agora.
A necessidade de comer açúcar (alimentos doces) é do adulto. O bebê está provando tudo. Ele não sabe, por exemplo, que o suco de maracujá tem que ser adoçado. Sério. Ele vai aprender o que você mostrar a ele. Ele não sabe que a banana pode ficar melhor com açúcar. Ou não. A necessidade é nossa, não do bebê.
Só que, por natureza, o bebê já vem gostando de doce de fábrica. Ofereça açúcar, iogurte adoçado, chocolate, pirulito e geralmente você verá um bebê que vai comer e se lambuzar. A lactose do leite materno é levemente adocicada.
Por isso, não é um dos…

Alimentação para maiores de 1 ano!

Eba! Chegou o tão esperado aniversário de 1 ano do bebê. Depois da correria da festa, voltamos ao dia-a-dia do bebê. Com uma nova dúvida. E a alimentação? Aí, passamos no pediatra, e ele indica: agora mãe, ele deve comer a alimentação família. A mãe comemora (ou não). Não precisa mais fazer papinhas... Aí eu entro: alimentação da família? Tenho medo dessa frase... prefiro dizer que agora a família vai comer a alimentação do bebê com a textura adaptada! Sabe porquê? Como é a alimentação dos adultos em casa? Você, mãe zelosa, vinha fazendo a alimentação perfeitinha, com todos os grupos alimentares e tal...como passou do primeiro ano, só arroz, feijão e carne é suficiente? Calma! Nada contra o arroz e o feijão, pelo contrário. Dupla fantástica, garante um prato quase completo. Lembra desse post? Quase completo por que o legume e/ou a verdurinha precisa acompanhar o prato. Como faziam na época da papinha. Portanto, a alimentação continuará com todos os grupos alimentares... fonte de carboidra…