Pular para o conteúdo principal

O que que tem na sopa do neném ? Junho! E a minha receita de creme de abóbora!

Alimentos da safra para preparar os cardápios!

Esse mês, a safra é forte em atemóia, carambola, kiwi, laranja lima, mangostão, mexirica e tangerina.
Também é época de abóbora japonesa, seca, batata doce, berinjela, cará, ervilha, gengibre, inhame, mandioca e mandioquinha.
Temos também almeirão, agrião, alho poró, brócolis, cenoura, erva doce, milho verde.
Para alegria das nossas festas juninas, junho é época de milho de pipoca e pinhão!

Pessoal, observem comigo: junho, friozinho. Frio, maior incidência de resfriados e doenças respiratórias. Para preveni-las, lá vamos nós aumentar o consumo de vitamina C de nossos filhos, para aumentar suas defesas naturais.

E olha o que a natureza nos dá: laranja, carambola, kiwi, mexirica, agrião... fontes naturais dessa vitamina!



Sem contar no gengibre, com propriedades antiflamatórias especiais, que auxilia em qualquer dorzinha de garganta. Gravidinhas, gengibre dá um alívio no enjôo também.

Minha receita de creme de abóbora para criança nenhuma botar defeito:

500 gr de Abóbora japonesa
Frango com osso - pode ser coxa de galinha, umas 4 unidades.
Parte verde do alho poró  - mas não deixe de fazer se você não o tem.
Cúrcuma - à gosto
Gengibre ralado - à gosto
Sal à gosto
Cebolinha para decorar



Como fazer: Coloco o frango para cozinhar em panela de pressão, com água suficiente para cobrir,  com a cúrcuma, o gengibre e o alho poró. Quando o frango estiver desmanchando, tiro o frango,desprezo o alho poró, coloco a abóbora com casca, cortada em pedaços e deixo cozinhar na água do frango (aí, já fica sem pressão, pois é bem mais rápido). Enquanto cozinha, tiro a pele do frango e descarto. Não gosto da pele do frango. Se você gostar e não tiver problema com o colesterol, fica a seu gosto! Espero um pouco, tiro a abóbora e com uma faca e com cuidado pois está quente, descasco. Você pode descarcar antes, mas acho que assim é mais fácil (de descascar) e desperdiça menos. Volto para a panela, e bato com o hand mixer (adoro esse equipamento para fazer sopas!), até ficar um creme. Devolvo o frango para a panela de creme de abóbora, deixo cozinhar mais um pouco, acerto o sal e sirvo!!!
Delícia!

Se a minha filha vegetariana for comer, troco o frango por caldo de legumes, feito em casa, previamente congelado e utilizado para esses casos. Aí eu dispenso o alho poró, que já vai na receita do caldo. Gengibre, cúrcuma e sal, eu uso!

Segurando bem a mão no sal e defiando o frango, dá pra servir essa receita para maiores de 6 meses - lembrando que, como fica uma sopa "incompleta" (falta folha, por exemplo), é só pra de vez em quando para os bebês. Receitas de papinhas completas aqui.

Bom apetite!!!!

Comentários

  1. Olá Karine, ao ler a palavra vegetariana no post, fiquei feliz e acho q vc pd me ajudar. Meu filho está com 9 meses, ele deu alergia alimentar e o gastropediatra cortou vários alimentos e de carne ficou só a carne de frango. Mais qdo ele come ele passa mal tds as vezes ele chora e vomita, então falo pra pediatra dele ela fala q tem q dar, mas ñ adianta. Aqui na cidade só tem 2 nutricionistas infantil e elas tb querem forçar a comer o frango, não me dão outra opção. Estou preocupada com fonte de proteina e vitamina b12. O q posso fazer p complementar? Ele nao pode castanhas, feijao e lentilhas (tb ñ). Por favor!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Keyla!
      A gastro também pediu para dar frango? Fale com elas sobre introduzir a proteína isolada do arroz no lugar. Ou outras opções. Se seu bebê não está bem, precisa de uma atenção especial. Volte nos profissionais e pergunte qual é o outro passo, já que o frango não está dando certo..seja incisiva e peça ajuda. Apenas em uma consulta presencial (para o acompanhamento) pode-se fazer indicações específicas como essa...
      Boa sorte querida... volte aqui para nos contar o desfecho!Estou torcendo para sua pequena ficar bem!

      Excluir
  2. Oi meu nome é Daniele gostaria de saber se o leite nan confor é melhor q o leite de saquinho?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Daniele!
      Para um bebê, certamente uma fórmula infantil é melhor que leite de saquinho.
      Beijos e obrigada pela visita!

      Excluir
  3. olá!
    o que posso substituir curcuma e gengibre?
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  4. Olá Bruna!
    Pode colocar açafrão.. ou pode deixar sem também!
    Abraços

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente! A nutri adora conversar!

Pots mais lidos

Iogurte na alimentação das crianças

Bom dia pessoal!
Vou seguir uma indicação de uma leitora querida, Alethéia, e escrever sobre iogurte na alimentação das nossas crianças.
Eu sou superfã deste alimento! Rico em Cálcio (sempre estimulo consumo de alimentos ricos  neste micronutriente pois nossa população está bem carente....), tem a lactose (açúcar do leite) fermentada e por isso é de fácil digestão, rico em probióticos, as tais bactérias benéficas que equilibram nossa flora intestinal, fortalece o sistema imunológico e facilita o trânsito intestinal, entre outros benefícios.  O iogurte pode ser incluido na alimentação do bebê após o início da alimentação complementar, isso é, com 6 a 7 meses aproximadamente. Com algumas ressalvas e detalhes.
Detalhe número 1: O iogurte para dar para o bebê, necessariamente tem que ser natural e sem açúcar. Os petit suisses vendidos no mercados contém corantes, aromatizantes e conservantes, substâncias estranhas ao nosso organismo (nós nutricionistas chamamos estas substâncias de xenobiótic…

Intolerância a lactose em bebês? Provavelmente não!

Com certeza você já leu na web a palavra lactose. Dieta sem lactose. Iogurte sem lactose. Mas o que é lactose? Seria bom tirar das crianças também?
Lactose é um dos carboidratos do leite. A grosso modo, um açúcar presente em leites. 
Leite materno, por exemplo, tem muita, muita lactose.
Nosso corpo, para digerir esse açúcar, usa enzimas que estão presentes no nosso organismo. Essas enzimas moram nas vilosidades intestinais. Vou mostrar:



Quando um bebê está tranquilo, vivendo a vida bebelística, a lactose é uma benção pra ele. É sim. Lactose, quando é “quebrada” pela enzima, vira galactose e ajuda constituição de galactopeptídeos integrantes do sistema nervoso central. Ela também ajuda a acumular água livre para reserva de termo-regulação, através da sudorese. Já viu como bebês suam?
A lactose também está associada à acidez das fezes e à formação da microbiota intestinal específica (predominância de lactobacillo e bifidobacteria, probióticos, o must da saúde atualmente), o que pode ser imp…

Alimentação para maiores de 1 ano!

Eba! Chegou o tão esperado aniversário de 1 ano do bebê. Depois da correria da festa, voltamos ao dia-a-dia do bebê. Com uma nova dúvida. E a alimentação? Aí, passamos no pediatra, e ele indica: agora mãe, ele deve comer a alimentação família. A mãe comemora (ou não). Não precisa mais fazer papinhas... Aí eu entro: alimentação da família? Tenho medo dessa frase... prefiro dizer que agora a família vai comer a alimentação do bebê com a textura adaptada! Sabe porquê? Como é a alimentação dos adultos em casa? Você, mãe zelosa, vinha fazendo a alimentação perfeitinha, com todos os grupos alimentares e tal...como passou do primeiro ano, só arroz, feijão e carne é suficiente? Calma! Nada contra o arroz e o feijão, pelo contrário. Dupla fantástica, garante um prato quase completo. Lembra desse post? Quase completo por que o legume e/ou a verdurinha precisa acompanhar o prato. Como faziam na época da papinha. Portanto, a alimentação continuará com todos os grupos alimentares... fonte de carboidra…