Pular para o conteúdo principal

5 vegetais que as crianças gostam!

Boa tarde!

Seu filho não come os vegetais com facilidade? Que tal oferecer alguns com altas taxas de boa aceitação? Lembre-se de servir de uma maneira bem bonita e preparar com muito capricho, com temperos e ervas naturais, e comer em uma refeição junto com seus filhos:
Tomate Sweet Grape
Campeão das preferências, como o nome sugere, este tomate é levemente doce, agrada em cheio o paladar dos pequenos. Difícil uma criança que não se encanta. Cuidado apenas,  na hora de servir. Para evitar engasgos (seu formato favorece), sirva pela metade, conforme a foto, ou ensine seu filho a morder, olhar, e comer o restante (assim o tomate necessariamente é consumido primeiro uma metade, depois a outra, evitando acidentes).

Mini agrião
Tem o sabor bem mais suave que o agrião de tamanho normal. O segredo aqui, para facilitar a aceitação, é mostrar o tamanho do normal, depois o mini e comentar com a criança que ele foi feito especialmente para crianças (uma fantasia sem brincadeiras mirabolantes ajuda na aceitação). O precinho é um pouco mais salgado, mas o valor de ver seu filho comendo o verdinho vale a pena.
Alface Americana
O diferencial desse tipo de alface é a crocância, que agrada também ao paladar infantil. Mastigue ao lado do ouvido do seu filho, mostre o barulho que faz. Ele será instigado a "fazer barulho" também.

Cenoura em palito
Crua ou levemente cozida no vapor, esse vegetal é apreciado sozinho, e também acompanhado de algum molho, pasta ou patê para a criança molhar antes comer. A possibilidade de comer com as mãos, de "petiscar", encanta as crianças.
Brócolis Ninja
Ao contrário do que propagandas pregam por aí, criança gosta sim, de brócolis. Basta que os pais também comam e exista um incentivo ao consumo. O brócolis é a famosa "arvorezinha", bem temperada, com cor vibrante, as crianças costumam apreciar bastante (mesmo que no início prefiram só  a"copa" da árvore, deixando o "tronco" de lado).

Caso seu filho tenha outros vegetais entre os preferidos, conte pra gente!
Beijos e uma ótima semana!



Comentários

  1. Além destes, o meu filho ama abobrinha e escarola

    Parabéns! Otimo artigo!

    Mãe do Murilo e do Pedro

    ResponderExcluir
  2. Muito legais essas dicas!
    Eu não conhecia o mini agrião, na verdade nunca vi por aqui, não deve ser comum na minha região.
    A minha filha adora repolho, acredito que por causa da crocância e porque ele é meio docinho.
    Brócolis, ela adora! E no geral come todos os legumes cozidos, principalmente quando estação misturados na carne, saladas cruas só cenoura e repolho mesmo!
    Beijos,
    Nine

    ResponderExcluir
  3. Olá Karine,sigo o seu Blog e adoro as postagens. Gostaria de pedir algumas dicas de cardápio para bebes, pois tenho uma princesinha de nove meses e com onze quilos .Estou um pouco preocupada com o seu peso mesmo com o pediatra falando que é normal,ele disse que é uma reserva de energia.Enfim gostaria de saber algumas dicas para variar o cardápio.Desde já obrigada e parabéns pelo Blog.
    Maria Elis.rj

    ResponderExcluir
  4. Olá, Karine! uma amiga indicou seu blog esta semana e já me apaixonei!

    As meninas aqui de casa (tenho 3) são bem acostumadas aos vegetais, e realmente alguns dos mais queridos estão neste Top 5 - tomate, cenoura e brócolis. De preferência na mão, como um petisco. Eu incluiria ainda entre os irrecusáveis a couve-flor e o pepino. Ah!..e as frutas, claro...imbatíveis!

    Linkei você no meu face, tá: https://www.facebook.com/NinhodaCorujinha

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol, verdade, pepino faz um sucesso!
      Tenho uma "sobrinha" que adora desde muito pequenina!E oferecer na mão é um dos segredos para a boa aceitação!
      Obrigada pela visita e pelo link!
      Volte sempre querida!

      Excluir
  5. olá karine..
    tenho uma filha de 1 ano que adora todos os tipos de legumes... a preferencia dela é brocolis, cenoura, pepino, couve-flor, repolho e alface... mas tb come dos outros.. quando eu vou no super mercado com ela quando chegamos na parte das frutas e legumes ela chega grita de satisfaçao... eu passo a maior vergonha pk todo mundo olha..rs mas ela é magrinha tem 8.880 e o pediatra dela diz que ela tem que engordar.. nao sei o que fazer pk ela come de tudo e nao engorda e eu me recuso a dar doces e industrializados.. se puder me dar umas dicas.. beijos
    adriana... mamae da alice!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ju!
      Gente, que bacana! Eu iria querer levar sua filha pra mim se eu visse a cena rsrsrsrsrs ou levá-la para o consultório para comer os vegetais na frente das outras crianças, só pra fazer vontade ;)
      Primeira questão: ela sempre foi magrinha? Mesmo magra, está dentro de uma faixa de peso adequada?As vezes, isso é a realidade dela, magra e saudável... mas vamos para as sugestões: para engordar, mais gordura de boa qualidade: azeite na comida pronta, abacate, castanhas trituradas na comida ou na fruta, quantidade moderada de manteiga sem conservantes (fonte de vitamina A e D). Também podemos oferecer mingau em alguns dos lanches intermediários, feito com farinha de arroz ou aveia, ou quinua e o leite que ela está acostumada a tomar. Podemos ainda amassar uma frutinha no mingau, ou servir com geléia de frutas sem adição de açúcar ou adoçante. No mais, fique tranquila. Se sua filhinha á ativa, tem um bom desenvolvimento cognitivo,um apetite razoável, provavemente é uma magrinha saudável!
      Beijos e obrigada pela vista!

      Excluir
  6. Meu filho de quatro anos nao come nenhum vegetal o que eu faço?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É comum ouvirmos os pais comentarem: Meu filho não come frutas e verduras! Diante disso, sempre questiono o seguinte: E vocês ( pais) comem frutas e verduras?
      Colocar um prato com legumes ou frutas, e dizer simplesmente, “Coma!”, enquanto você está comendo lasanha. Não dá certo! Nossos filhos comem o que nós comemos!
      O primeiro passo, é identificar quais as frutas e verduras que seu filho tem melhor aceitação. Então use e abuse deles . Meu filho por exemplo, gosta muito de abacate, banana, manga, goiaba, brócolis, cenoura, couve. E as frutas e verduras que elas não gostam? Como fazer? Uma dica é inicialmente inserir em alguma receita sem que ela perceba. E aos poucos ir informando o que e explicando, que é importante para que ela cresça forte e saudável

      Excluir
  7. Além desses, meu filho gosta de beterraba, rúcula e couve. Sou mãe do Lucas de 5 anos. São ótimas suas matérias. Parabéns. Sandra.

    ResponderExcluir
  8. Meu filho, Dudu de 5 anos, gosta de brócolis, cenoura, espinafre, manga, abacate. E não gosta de batata e repolho ( mas, eu introduzo sempre nas receitas e explico que ele vai ficar SAUDÁVEL se comer tudo!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente! A nutri adora conversar!

Pots mais lidos

Iogurte na alimentação das crianças

Bom dia pessoal!
Vou seguir uma indicação de uma leitora querida, Alethéia, e escrever sobre iogurte na alimentação das nossas crianças.
Eu sou superfã deste alimento! Rico em Cálcio (sempre estimulo consumo de alimentos ricos  neste micronutriente pois nossa população está bem carente....), tem a lactose (açúcar do leite) fermentada e por isso é de fácil digestão, rico em probióticos, as tais bactérias benéficas que equilibram nossa flora intestinal, fortalece o sistema imunológico e facilita o trânsito intestinal, entre outros benefícios.  O iogurte pode ser incluido na alimentação do bebê após o início da alimentação complementar, isso é, com 6 a 7 meses aproximadamente. Com algumas ressalvas e detalhes.
Detalhe número 1: O iogurte para dar para o bebê, necessariamente tem que ser natural e sem açúcar. Os petit suisses vendidos no mercados contém corantes, aromatizantes e conservantes, substâncias estranhas ao nosso organismo (nós nutricionistas chamamos estas substâncias de xenobiótic…

Sem açúcar, com afeto ou porque não dar açúcar ao bebê!

Sempre me perguntam, por quê não dar açúcar ao bebê? Ou então: posso dar açúcar orgânico, mascavo, produto adoçante?


O seguinte: a resposta inicial, todo mundo já sabe. Açúcar branco é caloria vazia, logo, não faz bem pra ninguém, dieteticamente falando. Essa caloria vazia pode ser traduzida em excesso de peso lá na frente - uma das doenças de mais difícil tratamento: a obesidade.
Mas tem um motivo mais profundo aí. Que eu vou explicar agora.
A necessidade de comer açúcar (alimentos doces) é do adulto. O bebê está provando tudo. Ele não sabe, por exemplo, que o suco de maracujá tem que ser adoçado. Sério. Ele vai aprender o que você mostrar a ele. Ele não sabe que a banana pode ficar melhor com açúcar. Ou não. A necessidade é nossa, não do bebê.
Só que, por natureza, o bebê já vem gostando de doce de fábrica. Ofereça açúcar, iogurte adoçado, chocolate, pirulito e geralmente você verá um bebê que vai comer e se lambuzar. A lactose do leite materno é levemente adocicada.
Por isso, não é um dos…

Alimentação para maiores de 1 ano!

Eba! Chegou o tão esperado aniversário de 1 ano do bebê. Depois da correria da festa, voltamos ao dia-a-dia do bebê. Com uma nova dúvida. E a alimentação? Aí, passamos no pediatra, e ele indica: agora mãe, ele deve comer a alimentação família. A mãe comemora (ou não). Não precisa mais fazer papinhas... Aí eu entro: alimentação da família? Tenho medo dessa frase... prefiro dizer que agora a família vai comer a alimentação do bebê com a textura adaptada! Sabe porquê? Como é a alimentação dos adultos em casa? Você, mãe zelosa, vinha fazendo a alimentação perfeitinha, com todos os grupos alimentares e tal...como passou do primeiro ano, só arroz, feijão e carne é suficiente? Calma! Nada contra o arroz e o feijão, pelo contrário. Dupla fantástica, garante um prato quase completo. Lembra desse post? Quase completo por que o legume e/ou a verdurinha precisa acompanhar o prato. Como faziam na época da papinha. Portanto, a alimentação continuará com todos os grupos alimentares... fonte de carboidra…