Pular para o conteúdo principal

Café da manhã das crianças com receita de Mingau de Cacau e Aveia

 
Se você ler esse post até o final, fica sabendo a receita!
 
 
Você deve ter ouvido falar da importância do café da manhã. E que mãe nunca insistiu para que seu filho tome "só mais esse gole de leite" antes de sair de casa?
Sair de casa em jejum é furada, por uma série de motivos. Após uma boa noite de sono e, portanto,  muito tempo sem comer, o organismo da criança necessita de energia e nutrientes para funcionar da maneira mais plena possível.
 
Omitir o café da manhã está diretamente ligado ao desenvolvimento de obesidade infantil. Além disso, o café da manhã completo tem função específica sobre a capacidade de aprender. Quem toma café da manhã tem um melhor desempenho cognitivo, dado comprovado por pesquisas. Alimentados, pensamos melhor. Quando comemos, não sentimos fraqueza. E quem tem fraqueza, dor de cabeça, tontura, não consegue se concentrar na aula e nem na brincadeira.
 
O hábito de tomar café da manhã deve ser estimulado desde sempre, desde pequenino. Se seu filho já se adaptou a alimentação complementar, reforce o café da manhã dele com uma frutinha, sente-o para tomar café da manhã com a família. Com o avançar da idade, um café da manhã completo pode ser servido.
 
E se, com os bebês nos preocupamos tanto em deixá-los alimentados, por que toleramos nossa criança de seis, sete anos sair de casa sem comer nada? Se a reclamação for o "enjoo" matinal, comece por um alimento e vá aumentando gradativamente. Acordar a criança um pouco mais cedo (e, consequentemente, mandá-la para a cama mais cedo também), montar uma mesa bonita (dá pra deixar pré-montada no dia anterior) são formas de incentivar esse hábito alimentar.
Aqui em casa, o café da manhã é muito importante. Vou variando um pouco os alimentos pois a Bia enjoa facilmente! Escolho o que vai ter no café da manhã pensando em algumas coisas: o que tem disponível (claro!) e em como vai ser o dia da Bia, ou em como ela se alimentou no dia anterior.  Pães (normais, torrados, quente), frutas, leite com mel e canela, já tivemos a época dos cereais... e uma receita especial que vou escrever agora.
 
A Bia gosta de mingau. Deve ser porque sirvo desde pequena. Mingau é coisa cultural né? Tem gente que adora, tem gente que detesta. Quando a Bia tinha 2 anos, até gema de ovo eu colocava no mingau dela...
 
Vamos a receita do mingau de hoje. Mingau energia para a adolescente vegetariana ou simplesmente:
 
Mingau de aveia com cacau (e linhaça, chia e nozes)
 
Ingredientes
 
180ml de leite (pode ser leite de arroz ou água para vegans ou alérgicos);
2 colheres e meia (sopa) de aveia ;
1 colher (sobremesa) de cacau em pó (veja receita de Mousse de chocolate com cacau também);
2 colheres (sobremesa) de açúcar demerara (ou mel, melado, açúcar mascavo) Adeque para o seu paladar de doçura. Para bebês ou crianças pequenas pode ser adoçado com banana ou uva passa;
1 colher (sobremesa cheia )de linhaça com chia (usei a Linchia da marcaJasmine, mas pode ser meia medida de cada);
3 nozes.
 
Misture os 5 primeiros ingredientes, e bata no mixer para dissolver o cacau em pó. Se você conseguir dissolver na mão, pode ser também. Não deixe de fazer se você não tem mixer em casa.
Leve ao fogo brando, mexendo sempre, até engrossar.
Quando estiver no ponto de soltar do fundo da panela, desligue o fogo, e coloque em um prato. Esmigalhe as nozes, coloque por cima, e sirva!
 
Aqui tem ômega 3, zinco, vitaminas do complexo B, proteínas... um pouco do que a vegetariana precisa! Veja mais aqui os nutrientes que as crianças vegetarianas precisam se atentar em consumir.

Acompanhando um copo de suco de fruta ou uma fruta in natura, é um café da manhã completo!

Beijos e bom apetite!

Comentários

  1. Amei! Vou fazer no café de amanhã com certeza. Adoro quando as pessoas se preocupam em oferecer alternativas para aqueles que tem uma alimentação diferenciada, é sempre bom ajudar todos.

    ResponderExcluir
  2. Olá!! Fiz o mingau de aveia para a minha filha de 1 ano e 3 meses e ela adorou. Já repeti a receita outra vez. Fico muito feliz com estas receitas que podemos fazer para os nossos pequenos. Muito obrigada pela ajuda. bjs

    ResponderExcluir
  3. Vou testar essa urgente! Sou mãe e nutricionista com projeto em educação nutricional infantil! E esse tipo de blog é o que me mantém firma na luta por uma alimentação´qualitativa aos nossos pequenos!
    Sucesso!

    ResponderExcluir
  4. Tem problema dar mingau de farinha de milho(aquela de fazer cuzcuz) para bebes de 1 ano?

    ResponderExcluir
  5. A partir de qual idade pode-se oferecer esse mingau, Karine?
    Adoro seu blog!
    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mariana!
      Para crianças maiores de 2 anos.
      Para crianças menores, adoce com fruta, utilize o leite da criança, e evite as nozes.
      Abraços!

      Excluir
  6. Oi, Karine.É verdade que linhaça emagrece? Algumas pessoas falam para eu não oferecer linhaça para minha filha por ela ser magra. Obrigada.


    Juliana R.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nenhum alimento emagrece sozinho! A linhaça pode ser utilizada em alimentação para engirdar ou emagrecer...

      Excluir
  7. Para crianças menores de 2 ANOS pode o cacau?

    ResponderExcluir
  8. OLÁ, MINHA BEBE ACABOU DE COMPLETAR 11 MESES, TOMA LEITE COM AVEIA 2 X AO DIA (MANHA E NOITE) MAS AGORA PASSOU ATER ANSIA SO LEITE, NÃO QUER MAIS..O QUE POSSO SUBSTITUIR NO CAFÉ DA MANHA POR EXEMPLO?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente! A nutri adora conversar!

Pots mais lidos

Iogurte na alimentação das crianças

Bom dia pessoal!
Vou seguir uma indicação de uma leitora querida, Alethéia, e escrever sobre iogurte na alimentação das nossas crianças.
Eu sou superfã deste alimento! Rico em Cálcio (sempre estimulo consumo de alimentos ricos  neste micronutriente pois nossa população está bem carente....), tem a lactose (açúcar do leite) fermentada e por isso é de fácil digestão, rico em probióticos, as tais bactérias benéficas que equilibram nossa flora intestinal, fortalece o sistema imunológico e facilita o trânsito intestinal, entre outros benefícios.  O iogurte pode ser incluido na alimentação do bebê após o início da alimentação complementar, isso é, com 6 a 7 meses aproximadamente. Com algumas ressalvas e detalhes.
Detalhe número 1: O iogurte para dar para o bebê, necessariamente tem que ser natural e sem açúcar. Os petit suisses vendidos no mercados contém corantes, aromatizantes e conservantes, substâncias estranhas ao nosso organismo (nós nutricionistas chamamos estas substâncias de xenobiótic…

Sem açúcar, com afeto ou porque não dar açúcar ao bebê!

Sempre me perguntam, por quê não dar açúcar ao bebê? Ou então: posso dar açúcar orgânico, mascavo, produto adoçante?


O seguinte: a resposta inicial, todo mundo já sabe. Açúcar branco é caloria vazia, logo, não faz bem pra ninguém, dieteticamente falando. Essa caloria vazia pode ser traduzida em excesso de peso lá na frente - uma das doenças de mais difícil tratamento: a obesidade.
Mas tem um motivo mais profundo aí. Que eu vou explicar agora.
A necessidade de comer açúcar (alimentos doces) é do adulto. O bebê está provando tudo. Ele não sabe, por exemplo, que o suco de maracujá tem que ser adoçado. Sério. Ele vai aprender o que você mostrar a ele. Ele não sabe que a banana pode ficar melhor com açúcar. Ou não. A necessidade é nossa, não do bebê.
Só que, por natureza, o bebê já vem gostando de doce de fábrica. Ofereça açúcar, iogurte adoçado, chocolate, pirulito e geralmente você verá um bebê que vai comer e se lambuzar. A lactose do leite materno é levemente adocicada.
Por isso, não é um dos…

Alimentação para maiores de 1 ano!

Eba! Chegou o tão esperado aniversário de 1 ano do bebê. Depois da correria da festa, voltamos ao dia-a-dia do bebê. Com uma nova dúvida. E a alimentação? Aí, passamos no pediatra, e ele indica: agora mãe, ele deve comer a alimentação família. A mãe comemora (ou não). Não precisa mais fazer papinhas... Aí eu entro: alimentação da família? Tenho medo dessa frase... prefiro dizer que agora a família vai comer a alimentação do bebê com a textura adaptada! Sabe porquê? Como é a alimentação dos adultos em casa? Você, mãe zelosa, vinha fazendo a alimentação perfeitinha, com todos os grupos alimentares e tal...como passou do primeiro ano, só arroz, feijão e carne é suficiente? Calma! Nada contra o arroz e o feijão, pelo contrário. Dupla fantástica, garante um prato quase completo. Lembra desse post? Quase completo por que o legume e/ou a verdurinha precisa acompanhar o prato. Como faziam na época da papinha. Portanto, a alimentação continuará com todos os grupos alimentares... fonte de carboidra…