Pular para o conteúdo principal

Receita de bolo para festa de bebê de um ano!

Você é defensora de uma alimentação saudável, e vê o primeiro aniversário do seu bebê chegar. Não quer atrapalhar toda a educação alimentar que começou a fazer, servindo o bolo com glacê e cheio de açúcar pra ele, mas também gostaria que tivesse opções para que ele e seus amiguinhos também se alimentem com prazer...
 
Seus problemas acabaram! A querida Marcela Aloe fez essa receita fácil e saborosa para o aniversário do seu principe Felipe e foi um sucesso!
 
Saca só o visual!
 
O capricho na maneira de servir, com os ingredientes e a foto foi um carinho todo especial.  A receita a Marcela pegou de um grupo do facebook, e deu tão certo que ela aceitou dividir com a gente!
 
Bolinho de frutas fácil (Sem açúcar!!)

• 3/4 xícara de chá de farinha de trigo integral;
• 3/4 xícara de chá de farinha de trigo branca;
• 1 colher de sopa de fermento em pó ;
• 1 col de chá rasa de canela (opcional);
• 75ml de óleo (cerca de 1/3 da xícara de chá);
• 3 ovos;
• 1 xícara de chá de passas pretas sem caroço;
• 2 xícaras de chá de banana picada ou maçã ou abacaxi;
• 1 col de sopa de chia (opcional)

Modo de fazer:
1. Bata no liquidificador, os ovos, o óleo, as passas e uma xícara de frutas por 2 minutos
2. Numa vasilha a parte coloque as farinhas, o fermento, a canela e a chia.
3. Junte a xícara de frutas picadas que sobrou às farinhas e mexa como se fosse empaná-las.
4. Agora despeje a mistura de ovos e mexa tudo com uma colher de pau.
5. Coloque em forminhas de empada untadas e enfarinhadas.
6. Leve ao forno por 30 a 40 minutos ou até estar corado.Bom apetite!
 
Aqui no blog tem ideias para festas saudáveis ou com elementos saudáveis aqui, e uma festa que eu participei, também muito legal, aqui.
Logo mais tem os testes de brigadeiros sem açúcar que eu vou colocar postar!
 
Beijos e boa comemoração.



Comentários

  1. Simples e saudável! Amei... Sem desculpas, o importante é uma educação alimentar saudável desde cedo, super aprovo!

    ResponderExcluir
  2. A inspiração vem do seu blog e das delicias do dudu! Vcs me ajudam muito a cuidar da alimentação e saúde do meu filho e minha tbm!!! Beijos, Marcela

    ResponderExcluir
  3. E não é que foi esse mesmo o bolinho do aniversário de 1 ano da Ana???
    SOu fã, muito mais que ela! rss

    ResponderExcluir
  4. Karine, parabéns pelo blog! Pergunta: dá para fazer essa receita em forma única de bolo mesmo? Ou só em muffins? Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Olá, Dra! Sensacional seu blog!!

    Posso substituir a farinha branca nesta receita? Tenho em casa farinha de amendoa e farinha de quinoa. Pode? Meu filhote tem 3 anos.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Verônica!
      Creio que dará certo! Faz o teste e conta pra gente...
      Beijos e boa sorte!

      Excluir
  6. Olá Karine! Vc pode explicar o que é a farinha de trigo branca Halynka

    ResponderExcluir
  7. Já tem a receita de brigadeiro sem açúcar? Estava pensando em fazer com cacau em pó, leite condensado caseiro (do blog da Thais) e polvilhar gergelim por cima... Letícia Garcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Letícia!
      Eu faço brigadeiro apenas com banana, bem madura, na panela, com cacau em pó até o ponto de enrolar.

      Excluir
  8. Fiz para a Vivi. Já fiz as versões com banana e com abacaxi, recomendo banana. Ficou muito gostoso. É incrível, porque fica doce. Obrigada!

    ResponderExcluir
  9. Olá, cheguei por acaso e adorei a receita, ficou deliciosa! Era exatamente o que estava buscando!
    Muito bom o blog, conheci o seu trabalho através da Luísa, mãe da Dora.
    ABS,
    Marília
    Marília numa brasileira na Croácia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Adorei a receita. Vou fazer para o ensaio do smash the cake do meu bb.
    Existe alguma cobertura saudável tb para por no bolo e ter o mesmo efeito das lambanças que as crianças fazem?

    ResponderExcluir
  11. faltou só lembrar que bbs até dois anos não devem comer glúten (=farinha de trigo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso não é verdade. O ideal é começar a ingerir no sexto mês. Assim diminuem os riscos de alergia.

      Excluir
  12. Como substituir o ovo? É possível ?

    ResponderExcluir
  13. Ola!! Gostei muito da receita! Queria saber se tem alguma receita de cobertura saldável para fazer um smash the cake? obrigada

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente! A nutri adora conversar!

Pots mais lidos

Iogurte na alimentação das crianças

Bom dia pessoal!
Vou seguir uma indicação de uma leitora querida, Alethéia, e escrever sobre iogurte na alimentação das nossas crianças.
Eu sou superfã deste alimento! Rico em Cálcio (sempre estimulo consumo de alimentos ricos  neste micronutriente pois nossa população está bem carente....), tem a lactose (açúcar do leite) fermentada e por isso é de fácil digestão, rico em probióticos, as tais bactérias benéficas que equilibram nossa flora intestinal, fortalece o sistema imunológico e facilita o trânsito intestinal, entre outros benefícios.  O iogurte pode ser incluido na alimentação do bebê após o início da alimentação complementar, isso é, com 6 a 7 meses aproximadamente. Com algumas ressalvas e detalhes.
Detalhe número 1: O iogurte para dar para o bebê, necessariamente tem que ser natural e sem açúcar. Os petit suisses vendidos no mercados contém corantes, aromatizantes e conservantes, substâncias estranhas ao nosso organismo (nós nutricionistas chamamos estas substâncias de xenobiótic…

Intolerância a lactose em bebês? Provavelmente não!

Com certeza você já leu na web a palavra lactose. Dieta sem lactose. Iogurte sem lactose. Mas o que é lactose? Seria bom tirar das crianças também?
Lactose é um dos carboidratos do leite. A grosso modo, um açúcar presente em leites. 
Leite materno, por exemplo, tem muita, muita lactose.
Nosso corpo, para digerir esse açúcar, usa enzimas que estão presentes no nosso organismo. Essas enzimas moram nas vilosidades intestinais. Vou mostrar:



Quando um bebê está tranquilo, vivendo a vida bebelística, a lactose é uma benção pra ele. É sim. Lactose, quando é “quebrada” pela enzima, vira galactose e ajuda constituição de galactopeptídeos integrantes do sistema nervoso central. Ela também ajuda a acumular água livre para reserva de termo-regulação, através da sudorese. Já viu como bebês suam?
A lactose também está associada à acidez das fezes e à formação da microbiota intestinal específica (predominância de lactobacillo e bifidobacteria, probióticos, o must da saúde atualmente), o que pode ser imp…

Alimentação para maiores de 1 ano!

Eba! Chegou o tão esperado aniversário de 1 ano do bebê. Depois da correria da festa, voltamos ao dia-a-dia do bebê. Com uma nova dúvida. E a alimentação? Aí, passamos no pediatra, e ele indica: agora mãe, ele deve comer a alimentação família. A mãe comemora (ou não). Não precisa mais fazer papinhas... Aí eu entro: alimentação da família? Tenho medo dessa frase... prefiro dizer que agora a família vai comer a alimentação do bebê com a textura adaptada! Sabe porquê? Como é a alimentação dos adultos em casa? Você, mãe zelosa, vinha fazendo a alimentação perfeitinha, com todos os grupos alimentares e tal...como passou do primeiro ano, só arroz, feijão e carne é suficiente? Calma! Nada contra o arroz e o feijão, pelo contrário. Dupla fantástica, garante um prato quase completo. Lembra desse post? Quase completo por que o legume e/ou a verdurinha precisa acompanhar o prato. Como faziam na época da papinha. Portanto, a alimentação continuará com todos os grupos alimentares... fonte de carboidra…